MORADORES SOFREM COM LAMA QUE DESCE DE ENCOSTA EM MURIAÉ
11/03/2018 09:53 em Notícias da Zona da Mata

por LUCIANA ARCHETE

Jornalista MG19681JP

 

Moradores do bairro da barra entre as ruas Helena Baesso Vegge e Marechal Floriano estão sofrendo com o barro e a lama que descem da encosta no final da rua Helena Baesso.

Um “piscinão” foi construído pelo Demsur (Departamento Municipal de Serviços Urbanos para reter parte da água que desce do paredão em terra que cede a cada chuva e, nem mesmo uma canaleta para receber a água que desce do local, construída pelo mesmo departamento consegue reter o que vem da encosta.

Assim, moradores ficam ilhados em suas casas ou precisam sair à rua com mangueiras e baldes para limpar o local.

Nossa equipe de reportagem (Rádio Cidadã de Muriaé) esteve no local há dois meses mostrando que a demora na construção do asfalto retirado pelo Demsur estava preocupando os moradores e, há duas semanas a Secretaria Municipal de Obras concluiu o asfalto e, na primeira chuva intensa que caiu sobre Muriaé transformou o local em barro puro.

Na manhã deste domingo, diversos moradores ligaram para nossa redação e, alguns chegaram até a fotografar a situação e gravar vídeo.

Vejam as imagens absurdas que mostram como ficou o local após a chuva cessar e a “luta” dos moradores das imediações com o barro e a lama provocado pela situação.

O senhor Antônio José Freitas estava, logo nas primeiras horas do dia tentando limpar a frente da residência onde mora há anos e que não permitia que alguém entrasse ou saísse dali.

Imagens foram feitas pela moradora Regiane Blandy que gravou o vídeo que exibimos nesta reportagem.

 

Utilizar esta reportagem, total ou parcial, requer citação de fonte. Veja, abaixo, depoimento de moradora do local.

COMENTÁRIOS